segunda-feira, 5 de outubro de 2009

BLOGAGEM COLETIVA - DIA DO PROFESSOR


“Professor é profissão. Educador é vocação”. (Salomão Becker)

O que comemoramos no dia 15 de outubro?

O dia do detentor do saber: o dia do PROFESSOR.

Para que essa data não passe despercebida, acontecerá uma Blogagem coletiva.

Para mais informações, acesse o link abaixo e participe. Nós, professores, precisamos nos unir e demonstrar que ainda acreditamos em uma educação de qualidade para nossos alunos.

Eu estou participando e espero você.

Por uma educação de qualidade.

Abraços,

Renata Calasans



INFORMATIVO

15 DE OUTUBRO – DIA DO PROFESSOR

O Dia do Professor é comemorado no dia 15 de outubro. Mas poucos sabem como e quando surgiu este costume no Brasil.

No dia 15 de outubro de 1827 (dia consagrado à educadora Santa Tereza D’Ávila), D. Pedro I baixou um Decreto Imperial que criou o Ensino Elementar no Brasil. Pelo decreto, “todas as cidades, vilas e lugarejos tivessem suas escolas de primeiras letras”. Esse decreto falava de bastante coisa: descentralização do ensino, o salário dos professores, as matérias básicas que todos os alunos deveriam aprender e até como os professores deveriam ser contratados. A idéia, inovadora e revolucionária, teria sido ótima - caso tivesse sido cumprida.

Mas foi somente em 1947, 120 anos após o referido decreto, que ocorreu a primeira comemoração de um dia dedicado ao Professor.

Começou em São Paulo, em uma pequena escola no número 1520 da Rua Augusta, onde existia o Ginásio Caetano de Campos, conhecido como “Caetaninho”. O longo período letivo do segundo semestre ia de 01 de junho a 15 de dezembro, com apenas 10 dias de férias em todo este período. Quatro professores tiveram a idéia de organizar um dia de parada para se evitar a estafa – e também de congraçamento e análise de rumos para o restante do ano.

O professor Salomão Becker sugeriu que o encontro se desse no dia de 15 de outubro, data em que, na sua cidade natal, professores e alunos traziam doces de casa para uma pequena confraternização. Com os professores Alfredo Gomes, Antônio Pereira e Claudino Busko, a idéia estava lançada, para depois crescer e implantar-se por todo o Brasil.

A celebração, que se mostrou um sucesso, espalhou-se pela cidade e pelo país nos anos seguintes, até ser oficializada nacionalmente como feriado escolar pelo Decreto Federal 52.682, de 14 de outubro de 1963. O Decreto definia a essência e razão do feriado: "Para comemorar condignamente o Dia do Professor, os estabelecimentos de ensino farão promover solenidades, em que se enalteça a função do mestre na sociedade moderna, fazendo participar os alunos e as famílias".

Dia do Professor em outros países:

Estados Unidos: National Teacher Day - na terça-feira da primeira semana completa de Maio.

World Teachers’ Day - UNESCO e diversos países - 5 de Outubro

Tailândia - 16 de Janeiro

Índia - 5 de Setembro

China - 10 de Setembro

México - 15 de Maio

Taiwan - 28 de Setembro

Argentina - 11 de Setembro

Chile - 16 de Outubro

Uruguai - 22 de setembro

Paraguai - 30 de Abril

Fontes:

http://www.portaldafamilia.org.br/datas/professor/diaprof.shtml

Site www.diadoprofessor.com.br
Site www.unigente.com

MENSAGEM

DIA DO PROFESSOR
Ocrides Veiga
Neste dia especial, tomado por pensamentos, ideias novas para o enriquecimento do saber, quero através desta mensagem desejar a você que exerce essa brilhante profissão, você que tornou se uma fonte inesgotável com o poder de espalhar conhecimentos a todos que o cerca, muita saúde, alegria, conquista e realizações...
...parabéns pela passagem do teu dia, que Deus te abençoe e dê mil felicidades...
·... Parabéns professor.

http://www.mensagensvirtuais.com.br


quinta-feira, 1 de outubro de 2009

QUEM É O PEDAGOGO?

QUEM É O PEDAGOGO?

Profissional habilitado a atuar no ensino, na organização e na gestão de sistemas, unidades e projetos educacionais e na produção e na difusão do conhecimento, em diversas áreas da educação, tendo a docência como base obrigatória de sua formação e identidade profissionais.

PEDAGOGO

"Individuo que se ocupa dos métodos de educação e ensino”.
Fonte: dicionário Michaelis

O QUE É SER PEDAGOGO?

O pedagogo é o profissional especialista em educação, sua função é produzir e difundir conhecimentos no campo educacional. Ele precisa ser capaz de atuar em diversas áreas educativas e compreender a educação como um fenômeno cultural, social e psíquico complexo e capaz de produzir e difundir conhecimentos no campo educacional.

QUAIS AS CARACTERÍSTICAS NECESSÁRIAS PARA SER PEDAGOGO?

É preciso ter capacidade de planejamento e execução de planos, dinamismo, além de saber comunicar e transmitir idéias. Este profissional precisa estar preparado para enfrentar, com criatividade e competência, os problemas do cotidiano, ser flexível, tolerante e atento às questões decorrentes da diversidade cultural que caracteriza nossa sociedade.

CARACTERÍSTICAS DESEJÁVEIS:

  • Equilíbrio emocional
  • Trabalhar bem em equipe
  • Objetividade
  • Criatividade
  • Gostar de lidar com público
  • Capacidade de comunicar-se
  • Ter iniciativa
  • Gostar de ensino
  • Desembaraço

QUAL A FORMAÇÃO NECESSÁRIA PARA SER PEDAGOGO?

Para atuar como pedagogo, é indispensável que o profissional possua o ensino superior em pedagogia que tem duração de quatro anos.
Para se especializar na área de educação/ensino, o profissional pode optar por cursos como:

  • Especialização em administração escolar;
  • Especialização em formação de recursos para educação infantil;
  • Especialização em educação especial-deficiência;
  • Mestrado em educação escolar.

Atualmente, além da formação comprovada e do domínio das tecnologias de informação e educação, uma das características mais importantes para o pedagogo é a capacidade de gerenciamento da formação continuada.

PRINCIPAIS ATIVIDADES DE UM PEDAGOGO

Dentre as atividades do pedagogo destaca-se a administração escolar, onde realiza estudos e pesquisas nas áreas pertinentes á educação e coordenação de cursos visando ao aperfeiçoamento do ensino e suas técnicas; o magistério pré-primário, onde tem como responsabilidade o planejamento, orientação e coordenação de atividades técnico-pedagógicas e administrativas do ensino pré-primário; a educação de deficientes da áudio-comunicação, lecionando, planejando, organizando e coordenando cursos; a orientação educacional a fim de ajudar o aluno a ajustar-se ao ambiente escolar e ao meio social em que vive, através do desenvolvimento da personalidade e do encaminhamento vocacional.
O pedagogo atua também na supervisão de ensino em empresas, na área de recursos humanos (organização e coordenação de cursos).

ÁREAS DE ATUAÇÃO E ESPECIALIDADES

  • Administração escolar: gerenciar estabelecimentos de ensino, supervisionando recursos humanos, materiais e recursos financeiros necessários ao funcionamento.
  • Ensino: lecionar no ensino fundamental ou médio e, com pós-graduação no ensino universitário.
  • Educação especial: desenvolver material didático e lecionar para crianças e adultos portadores de alguma deficiência.
  • Orientação educacional: orientar e ajudar estudantes no processo de aprendizagem com uso de métodos pedagógicos e psicológicos.
  • Supervisão educacional: orientar e avaliar professores e educadores
    visando à qualidade do ensino.
  • Treinamento de recursos humanos: desenvolver programas de treinamento para funcionários de uma empresa.
  • Assessoria pedagógica em serviços de difusão cultural (museus, centros culturais) e de comunicação de massa (jornais, revistas, televisão, editoras, rádios, agências de publicidade);
  • Terceiro setor (ONG’s): na coordenação de programas e projetos de natureza educativa nas áreas da saúde, meio-ambiente, trânsito, promoção social, lazer e recreação, etc.

MERCADO DE TRABALHO

Este é um mercado de trabalho bastante concorrido, mas que está sempre em expansão tanto no setor público como no privado, devido à demanda da escola gerada pelo crescimento demográfico. Uma garantia disso é que a educação é o único setor que tem desde a constituição de 1998, recursos públicos obrigatoriamente vinculados que devem ser destinados para a educação.
Os mais bem preparados têm o seu lugar assegurado no mercado de trabalho. Aí está a grande importância em escolher a escola que cursará pedagogia.

CURIOSIDADES

A história da educação e da formação de profissionais habilitados para ensinar, no brasil, começou com os jesuítas, ordem religiosa que veio juntamente com os colonizadores na tentativa de catequizar os índios. Em 1759 os jesuítas foram expulsos do território brasileiro, na época eles mantinham 36 missões, 17 colégios e seminários, além de inúmeras escolas de primeiras letras. Depois da saída da cia. de Jesus a educação ficou durante quase um século estagnada, só então no império foram fundadas as primeiras escolas de formação de professores.
Em 1934, Anísio Teixeira fundou o primeiro curso de nível superior para professores e fundou o instituto da educação, no rio de janeiro, então capital do império.
A maior contribuição brasileira à pedagogia internacional foi a invenção de um sistema de alfabetização de adultos aplicado no rio grande do norte, em Sergipe e em Pernambuco, por Paulo Freire em 1950.

Fonte: http://www.brasilprofissoes.com.br/verprof.php?codigo=29

ONDE ACHAR MAIS INFORMAÇÕES?

  • aps - associação de pedagogia social
  • sindicato dos profissionais em educação no ensino municipal de são paulo
  • http://www.pedagogos.pro.br
  • Principios_e_Prticas_da_Coordenao_e_Orientao_Escolar.html